30 de novembro de 2012

SOBUSTOS - PLANO 2013 EM ASSEMBLEIA GERAL. HOJE!



ASSEMBLEIA GERAL ordinária
Hoje, 30 de Novembro’2012 (sexta-feira)

Hora de início: 19H00 com quórum (20H00 sem quórum)

 ORDEM DE TRABALHOS:
1.   Apresentação, análise, discussão e votação do Plano de Atividades e do Orçamento para o ano de 2013 “e parecer do Conselho Fiscal”.

2.   Outros assuntos de interesse.
(esta informação não substitui a consulta da convocatória)


BIBLIOTECA DE BUSTOS: CAMBIANTES DA LITERATURA MOSTRAM-SE

«Há cinquenta anos que as senhoras não liam romances, por uma razão cujo descobrimento me custou longas vigílias: - Não sabiam ler.»
 Camilo Castelo Branco, Anos de Prosa, 
Parceria A. M. Pereira, Lisboa 1973,
 4ª edição, p.6)





29 de novembro de 2012

ROSA DO SACRISTÃO – Crónica de vida, Mulher de sete ofícios.



Rosa dos Anjos Domingues
83 anos (nasceu a 4-01-1929)
reside no centro de Bustos.
Pai - Manuel Francisco Júnior.
Mãe - Maria Domingues.
Tinha 6 irmãos.

O seu Pai era sacristão.
A Rosa sempre ajudou o pai, tanto na igreja velha, como na nova.
A igreja velha, sem luz, servia-se de uma vela.
É catequista há mais de 60 anos.


Lembra-se dos padres com que trabalhou:

1 - Padre Eduardo Melo (Águeda). Tinha um cão chamado Jagodes.

2 – Padre João Batista. (S.to António de Vagos, Lameiro), vivia no Troviscal com uma irmã e andava de bicicleta. É o Padrinho de batismo do irmão Tiago.

3 – Padre António Gonçalves (Mogofores), vivia no Troviscal. Era amigo de todas as pessoas. A freguesia estava a crescer. A ideia dele era fazer uma igreja nova, ainda compra uns  terrenos junto à igreja velha. O povo de Bustos queria que ficasse, mas pertencia à paróquia do Troviscal.

4 – Padre António Henriques Vidal (Valongo do Vouga). Esteve 23 anos em Bustos. Tomou a iniciativa de fazer uma igreja nova, a antiga não tinha condições, procurou vários sítios, os terrenos de MANUEL FRANCISCO ERAM A MAIORIA NA IGREJA NOVA. O Padre Vidal foi o mentor da ideia, o seu pai tinha um terreno onde se encontra a casa paroquial onde fez uma doação para a igreja.
Três Bustuenses, de seus nomes Manuel António Pereira, Manuel Simões Ferreira e Amaro Simões Ferreira assinaram letras bancárias para custear as obras (1).

O Padre Vidal angariou fundos na América, na Venezuela, nos cortejos dos Reis, na campanha das batatas, …, era pessoa dinâmica, conhecia todas as pessoas pelos seus nomes, gostava da festa do S. Lourenço. A sua criada  Isaura fazia a comida e cozia o pão para os pobres e para os trabalhadores das obras da igreja; o Padre Vidal quando se deslocava de noite da igreja velha para a sua residência na Póvoa, um dia começaram a aparecer panfletos chamando-lhe Morcego, não ligou importância nenhuma. Era muito bom padre. Todas as sextas feiras visitava os doentes católicos ou não, era muito amigo dos pobres e trabalhador, visitava os ciganos e as pessoas que estavam em casas de acolhimento.

Padre Manuel Teixeira, bom a discursar, tinha problemas de visão. Esteve 7 anos em Bustos.

Padre Capela (concelho de Vagos) esteve 3 meses. Era já idoso e bem disposto. Teve doença grave.

Padre Mário, Troviscal - 3 anos; estava na América. O povo de Bustos gostava muito dele. Mas não pode ficar, regressou aos Estados Unidos.

Padre Arlindo da Rocha Valente, 25 anos. Veio de Monsarros (Anadia). Não queria vir, mas o bispo exigiu. É trabalhador e um bocadinho fechado, mas está doente. Acho que mereceu a homenagem que lhe foi feita.
Rosa Domingues (orfeonista) - na procissão de São Lourenço
Sem deixar críticas a todos os padres que por cá passaram, o Padre Vidal foi o melhor. Era impulsivo. Bustos deve-lhe uma  justa e grande homenagem.

Palavras sentidas de Rosa Domingues.

Um dia, o Padre Vidal visitou Bustos e ficou muito triste com a construção da casa paroquial onde se encontra, e até ofereceu 100 contos para a deitar abaixo.

Esta grande senhora, Rosa Domingos, ainda conduz trator trabalha na agricultura, desde criança, tem dois teares de fazer tapetes, um dia fez um para o seu pai se ajoelhar na igreja.


  
continua a cativar as crianças, só fez um curso de preparação na Borralha para dar catequese ainda no tempo do Padre Vidal. Agora o sistema de ensino é diferente.

 Irmãs Olinda e Rosa. Durante a conversa.
Sorriso de simpatia paira à sua volta.
Um obrigado, por estas linhas. 
Saúde e um bem haja. 

Bustos deve-lhe um justa homenagem, em vida.
_____________________
(1) em tempo: além dos nomes indicados que assinaram as letras existiram mais pessoas a assina por exemplo: o pai do padre Vidal;  Manuel Francisco Júnior e Manuel Vieira.
comparticipação de sérgio pato

28 de novembro de 2012

COVÕES – PRESÉPIO MONUMENTAL É NA CASA DO POVO


Visita do presépio na Casa do Povo de Covões
 A marcação de grupos deve ser efectuada
através de mail:
Casa Povo Covões: casapovocovoes@gmail.com

ou pelos telefones:
96 432 13 18 (Manuel Ruivo)
ou 93 450 79 00 (Messias Simões).
Entrada livre.

*


Por iniciativa da Casa do Povo de Covões e da AACCC – Associação de Arte e Cultura do Concelho de Cantanhede foi iniciada a construção do 28.º Presépio Monumental 2012, a cargo do Sr. Eduardo Azevedo, de Ançã, conhecido como o “Madeirense”.
Eduardo Azevedo tem construído os seus presépios em vários locais, nomeadamente nos Bombeiros Voluntários de Coimbra e na Capela de S. Bento, em Ançã (o seu S. Bentinho). Em 2010 levou a sua arte à terra natal, na Madeira, mais propriamente a Serra de Água, zona bastante afectada pelos temporais que assolaram a região.
No último Natal, por falta de local condigno, construiu o Presépio na sua própria residência. Mesmo assim recebeu a visita de mais de 600 crianças das escolas da região.

Esta ação conta com o apoio da Câmara Municipal de Cantanhede, Paróquia de Santo António (Covões), Junta de Freguesia de Covões e algumas empresas da região.
O Presépio ocupa um grande espaço do salão de festas da Casa do Povo de Covões (mais de 110 m2), integra mais de uma centena de figuras e 11 maquetes representativas de cenas do quotidiano, nomeadamente o palácio romano, moinho de vento, azenha, rio, casa típica da Madeira, casa típica serrana, pontes, coreto, Igreja, etc., iluminadas por várias dezenas de candeeiros miniatura.
As miniaturas são integralmente construídas em materiais recicláveis, tais como barro, pedra de Ançã, lousa, cascalho, casca de árvores, etc.
ABERTURA E ENCERRAMENTO
A sua abertura oficial decorrerá no domingo, dia 09 de Dezembro, pelas 15 horas e o seu encerramento está previsto para o Dia de Reis (06 de Janeiro).
VISITA DAS ESCOLAS DO CONCELHO DE CANTANHEDE
O programa inclui, com a colaboração da Câmara Municipal, a visita guiada das escolas do concelho na semana de 10 a 15 de Dezembro.
Estão previstos alguns momentos musicais, nomeadamente na abertura, no dia de Natal e no encerramento.
ABERTURA AO PÚBLICO
Nos restantes dias o presépio estará aberto ao público em geral, com entrada livre.

27 de novembro de 2012

26 de novembro de 2012

ELEIÇÕES NA UDB: FINALMENTE, O NAVIO CHEGOU A BOM PORTO!

Na 6ª feira, quando já passava das 20H00 regulamentares, teve lugar no Campo Dr. Santos Pato, no Sobreiro, a Assembleia Geral (AG) de sócios da União Desportiva de Bustos, convocada, nomeadamente, para eleição e tomada de posse dos novos corpos sociais do clube.
Estiveram presentes 22 associados “no pleno gozo dos seus direitos”, ou seja, com as quotas em dia, embora a assistência ultrapassasse esse número.
A assembleia escolheu o Dr. Manuel Nunes para presidir à sessão, que depois convidou para a mesa Óscar Santos e Zé Eduardo dos Santos. O presidente da mesa (e da Assembleia Municipal) abriu a sessão com a leitura da convocatória, assinada pelo anterior presidente da mesa da AG, Dr. Assis Francisco Rei.
(Manuel Nunes, ladeado por Óscar Santos e Zé Eduardo)

Passou-se ao 1º ponto da ordem dos trabalhos (alteração dos estatutos), tendo Óscar Santos lido e esclarecido as partes dos estatutos que estavam ali para ser submetidas a apreciação e votação.
Viu-se logo que os sócios estavam ali para intervir e dar opiniões, porque foram vários os intervenientes.
Nomeadamente, o Humberto (Xico) Pedreiras falou nos estatutos antigos e chamou a atenção para o facto da situação ser diferente quando foi feita a última alteração. Os tempos e as necessidades eram outras, frisou o sócio n.º 2 da UDB, querendo dizer com isso que as alterações de estatutos eram normais com o passar dos anos e dos usos e com as mudanças das próprias leis.
A alteração dos estatutos foi aprovada por unanimidade.

Seguiu-se a apresentação de várias propostas sobre a alteração do valor da quota anual e do valor a pagar pelos sócios com quotas em atraso.
Tendo em conta a necessidade de cativar mais sócios, Óscar Santos sugeriu 20 euros.
Adélio Grangeia sugeriu que fosse de 30 euros, mas com direito dos sócios casados poderem trazer a mulher sem esta pagar bilhete de entrada ou ter de ser sócia.
(Freitas, Acílio Teixeira, Gomes e Adélio Granjeia)

Manuel Romão foi da opinião que deviam ser 25 euros.
Humberto Pedreiras e Joaquim Tarares defenderam os atuais 40 euros.
O Presidente da Mesa propôs que o valor da nova quota que fosse aprovado fosse igual ao valor (simbólico) a pagar pelos muitos sócios com quotas em atraso.
A proposta dos 20€ recebeu um voto a favor (do proponente), a dos 25€ teve 5 votos, por sinal os mesmos da proposta dos 40€, mas quem venceu foi a proposta do Adélio Grangeia, com 7 votos a favor.

A partir de agora, para cativar mais assistência e mais consumo no bar, o sócio/sócia pode trazer para os jogos a mulher/marido, ficando logo esclarecido que isso se aplicava ao casal que vivesse como se fossem casados.
Alguém comentou que esta novidade até vai contribui para reforçar os laços conjugais.
Por este andar, comentou outro irreverente sócio, a UDB ainda vai receber um subsídio do Instituto da Família.

Passados estes apartes:
O associado Adélio Reis disse que a solução para os sócios terem em dia as quotas estava num bom cobrador, que tivesse o cuidado de chegar a todos os sócios com quotas em atraso, que são a grande maioria.
De seguida o Dr. Nunes leu o 3º e mais importante ponto da ordem dos trabalhos: a eleição dos futuros corpos diretivos da UDB.
A lista apresentada foi a seguinte:
Assembleia Geral
Presidente da Mesa: Milton Simões da CostaVice-Presidente: Manuel Nunes Simões dos Santos; Secretário: Álvaro Miguel Ferreira Ferreira.
Direção
Presidente: Susana Maria Costa Reis; Vice-Presidente: Óscar Aires dos Santos; Secretário: Adélio Simões Granjeia; Tesoureiro: Jacinto Mestre Jorge;
Vogais: Noé Vilar dos Santos, Joaquim da Costa Tavares (Kim), Rui Manuel Ferreira das Neves Barata, José Manuel de Oliveira, Acílio Teixeira dos Santos, Vítor Manuel Silva Carvalho e Arnaldo Martins Santos.
Conselho Fiscal
Presidente: Duarte dos Santos Almeida NovoVice-Presidente: Manuel António Tavares Romão; Relator: Elsa Maria Vilar dos Santos.
*
(A nova Presidente da Direção, Susana Reis, com os vogais, Sarj.º Ajudante Oliveira e Noé Vilar)

Antes de se passar à votação, o Presidente da Mesa concedeu um tempo para os presentes (alguns deles candidatos à eleição) que não fossem sócios ou tivessem quotas em atraso, aproveitarem para regularizar a sua situação.
Bem visto, pois até deu para a 1ª recolha de receitas de que o União tanto precisa para pôr as suas contas em dia.

A espera valeu a pena: como quem não quer a coisa, o Clube da bola atravessada por duas mãos que se encontram e cumprimentam já angariou 690,00€.
Entre os novos sócios, realçamos um dos Vice-Presidentes da Federação Portuguesa de Futebol, Dr. Elísio Amorim Carneiro, ex-Presidente da Associação de Futebol de Aveiro  (AFA), trazido pelas mãos influentes da nova Presidente da Direção, a Susana Reis.

Lembramos que, só à AFA, devemos algo como 8.241 euros.
Por causa disso é que esta época a UDB não tem equipas a disputar qualquer campeonato que anime a malta, sobretudo os filhos praticantes e os pais sempre prontos a acompanhar os filhos nos treinos e jogos.
*
Como era de esperar, a lista foi votada por unanimidade.
Antes de passar o testemunho ao novo Presidente eleito da AG, Manuel Nunes leu o auto de tomada de posse dos novos corpos diretivos para o triénio 2012/2015, que foi logo assinado pelos eleitos que estavam presentes.
(Posse do Pres. da Mesa da AB, Milton Costa)
(Posse da nova Presidente da Direção, Susana Reis)
(Posse do Vogal da Direção, Kim Tavares)
(Posse do Vogal da Direção, Vítor Carvalho)
(Posse do Vogal da Direção, Arnaldo Santos)
(Posse do Vice-Presidente do Conselho Fiscal, Manuel Romão)

O novo Presidente da AG, Milton Costa, tomou o seu lugar na mesa da Mesa, ...
(O novo Presidente da AG, ladeado por Fernando Luzio e Manuel Nunes)

...verificando-se que ninguém quis perder tempo com o último ponto da ordem de trabalhos, dedicado aos assuntos de interesse geral.
O que não admira porque os eleitos foram-no para isso mesmo: tratar dos assuntos de interesse geral da UDB, que são muitos e bem precisam de ser tratados como deve ser.

Milton Costa lembrou os 64 anos do Clube e o seu brilhante historial e usou uma metáfora para justificar porque é que estava ali:
Para estarmos com a UDB nem precisamos de estar com os olhos postos no que se passa dentro das 4 linhas. Basta olhar à volta, atentar na moldura humana, nos gestos e atitudes, nos falares, ora simples, ora brutos e até malcriados do povo feito menino à volta da fogueira do futebol.

De seguida, o representante máximo do clube do aperto de mão enquanto a bola gira, deu a palavra aos presentes.
Óscar Santos aproveitou para esclarecer que o Beira-Mar estava a utilizar o campo para treinos e jogos mediante uma autorização provisória, até que a nova Direção apreciasse e assinasse um protocolo com aquele clube para cedência das instalações, pagamento das respetivas despesas diárias e demais condições a acordar.
O sempre presente Humberto Pedreiras, louvou  a nova Direção pela coragem em assumir os destinos da UDB.
Para encerrar, Milton Costa deu a palavra à nova Presidente da Direção, Susana Maria Costa Reis, filha do grande benemérito da UDB e grande bustuense, Mário Vitorino Reis Pedreiras.

A nova líder dos destinos do União disse que aceitou com grande satisfação o convite que lhe foi endereçado pelo Óscar Santos, pois, embora tenha nascido e viva em Aveiro, as suas raízes estão em Bustos, terra dos seus pais e onde adora vir e estar.
Lembramos que a Susana teve os filhos a jogar nas camadas jovens da UDB, altura em que foi uma presença assídua no Clube, a par do avô Mário Vitorino.

A recém-eleita Presidente da Direção deixou um apelo no sentido de todos a ajudarem a levar a bom porto a difícil missão de pôr o Clube no lugar que Bustos merece.

A sessão encerrou com um grande salva de palmas e um louvor à UDB.

          E agora, UDB PRÁ FRENTE!




__
- Fotos e apontamentos do Sérgio Pato, a quem o NB agradece.
- Composição: oscardebustos.

25 de novembro de 2012

PAISAGEM NOCTURNA


             Paisagem nocturna com lua e igreja
                                       24 de Novembro, 2012.
     
     Foto de Belino Costa

ADERCUS - CROSS DE TORRES VEDRAS




 31.º CROSS DOS MATOS-VELHOS (TORRES VEDRAS)

A ADERCUS esteve em competição no domingo de manhã, no cross de Torres Vedras, 31º cross dos Matos-Velhos. Desde os escalões mais jovens até aos seniores, os atletas da equipa da Serena de Oliveira do Bairro disputaram lugares cimeiros.

Nos escalões mais jovens, em benjamins, Sofia Almeida ficou muito perto de subir ao pódio, tendo sido a 4ª classificada, enquanto a colega mais jovem, Érica Matos foi 29ª.  Nos infantis, Beatriz Rodrigues foi a 5ª classificada e Miguel Matos foi o 13º. Em Iniciados, Inês Silva foi a 32ª, Catarina Rodrigues 37ª, Sofia Bôrras 39ª, e entre os masculinos, João Ferreira foi 44º e Micael Morado 50º. Nos juvenis, Daniel Moreira foi o 6º classificado e Márcio Gouveia 44º. Na corrida de juniores femininos, Rute Silva foi a 12ª classificada.


Sara Carvalho, Carla Martinho e Joana Nunes

Na prova de seniores, na qual estava em jogo os lugares de apuramento para a selecção nacional, que irá correr o europeu de Budapeste, na Hungria, no próximo dia 9 de Dezembro, Sara Carvalho foi a 4ª classificada, após uma disputa pelo pódio, lado a lado com Anália Rosa (Maratona CP), até à entrada para a última volta, onde as posições se definiram. Carla Martinho, sofreu um entorse, no final da primeira volta, face à irregularidade do piso lamacento, e viu-se obrigada a abandonar a prova. Joana Nunes, realizou uma prova muito regular e na parte final conquistou algumas posições, tendo cortado na meta no 8º lugar.
ADERCUS

PS OLIVEIRA DO BAIRRO ... FORA COM A REFORMA ADMINISTRATIVA

(a ampliação obtém-se, clicando sobre a imagem)
Pg. 1

...



pg.2

BUSTOS, UNIÃO DESPORTIVA – Finalmente o navio chegou a bom porto

É pertinente a consulta do post de Óscar Santos: 


ELEIÇÕES NA UDB: FINALMENTE, O NAVIO CHEGOU A BOM PORTO!


Assembleia geral para tomada de posse, dos novos corpos sociais da UDB.

23-11-2012; 20 horas.
Campo Dr. Manuel dos Santos Pato – Sobreiro de Bustos.

Presentes: 22 sócios.

Dr. Manuel Nunes presidiu à mesa dos trabalhos; abriu a sessão, com a leitura da convocatória, assinada pelo anterior presidente Dr. Assis Rei.
ALTERAÇÃO DOS ESTATUTOS 


Dr. Óscar Santos esclareceu a assembleia com a leitura dos atuais estatutos e apresentou a proposta da alteração aos estatutos.

Intervenção:

Humberto Reis Pedreiras (Chico) fez notar que era o sócio número dois; falou sobre os estatutos antigos, para concluir que era diferente da situação atual.

Votação da alteração dos estatutos foi aprovada por unanimidade.

ALTERAÇÃO DO VALOR DAS COTAS


Dr. Óscar Santos propôs 20 euros.

Adélio Grangeia: os sócios casados 30 euros.

Manuel Romão, 25 euros.

Humberto Pedreiras (Chico) e Joaquim Tavares: os atuais 40 euros.
O presidente da mesa, dr. Manuel Nunes, pôs à votação as várias propostas.
Resultados

20 euros – 1 voto.
25 euros – 5 votos.
30 euros com acompanhante ­– 7 votos  (Proposta vencedora)

40 euros – 5 votos.


O associado Adélio Reis sugeriu que se arranjasse um cobrador de quotas e que fosse cobrar as cotas em atraso.


ELEIÇÕES
A lista de candidatura aos órgãos sociais da União Desportiva de Bustos sujeita à votação foi eleita com 20 votos.

TOMADA DE POSSE

O dr. Manuel Nunes deu de posse aos novos corpos sociais para o biénio 2012- 2015.

O novo presidente da Mesa da Assembleia geral, Milton Costa, lembrou os 64 anos do clube, e algum do seu historial.

OUTROS ASSUNTOS



Dr. Óscar Santos referiu que o Beira- Mar irá assinar um protocolo de cedência de instalações e as respetivas despesas diárias.
 LOUVOR
Humberto Pedreiras (Chico) louvou  a nova direção pela coragem em assumir os destinos da UDB.
 APELO DA PRESIDENTE
Para encerrar a presidente eleita, Susana Reis Pedreiras,  disse que aceitou de bom agrado o convite que lhe foi endereçado pelo dr. Óscar Santos pelas suas raízes a Bustos da parte do seu pai, Mário Reis Pedreiras, assim o exigia e deixou um apelo para que todos a ajudassem.
uma nota: Mário Reis Pedreiras tem sido um dos poucos beneméritos.


 SALVA DE PALMAS
A sessão encerrou com um salva de palmas, e com um louvor à UDB.
comparticipação de sérgio pato'